Um em cada dois brasileiros necessita de aprender inglês para o trabalho

O Brasil lidera o ranking de alunos inscritos em inglês, dos quais metade afirma aprender este idioma na ABA English por motivos profissionais

Barcelona, 27 de junho 2016 – Um recente estudo realizado pela academia de inglês online ABA English, que tem atualmente 10 milhões de estudantes de vários países, dos quais 1,6 milhões se encontram no Brasil, revelou que 50% dos alunos brasileiros estuda inglês por motivos profissionais. O estudo conclui, ainda, que 27% dos brasileiros aprende o idioma para estudar, 15% para viajar e 10% por outros motivos (pessoais ou familiares).

O Brasil lidera o ranking dos países com maior número de alunos da ABA English (16%), seguido pela Itália (12%), Espanha (11%), França (9%) e México (9%), que representam mais de metade dos alunos inscritos (57%). Colômbia, EUA, Perú, Rússia e Chile são os restantes cinco países que integram o Top 10 mundial desta escola de inglês, presente em mais de 200 países.

A experiência anterior no ensino de Inglês online no Brasil (8%) supera também a média mundial (4%), sendo esta uma opção atrativa de estudo, sobretudo através dos dispositivos móveis, devido à necessidade de economizar tempo e dinheiro, mas também de ter uma maior flexibilidade de horários.

O inquérito da ABA English revelou, ainda, que os alunos apresentam como maiores dificuldades no inglês: o grau de compreensão (49%) e a conversação (42%). Por esse motivo, 50% dos alunos estudam para melhor compreender o idioma e 48% desejam aprender a falar inglês.

Perfil do estudante brasileiro: trintão e profissional

Os alunos da ABA English são, na sua maioria, homens (53%) e têm idades compreendidas entre os 25 e os 44 anos (45%), sendo a sua idade média de 35 anos. Do total de alunos, 58% trabalham, 31% são estudantes e 11% estuda inglês para fazer pesquisa, comprovando que a integração no mercado de trabalho influencia a necessidade de aprender inglês. Aliás, 11%dos inquiridos afirmam ter participado numa entrevista de emprego em inglês e 22% revelam que o seu nível nesta língua já os levou a serem  desqualificados como candidatos.

Cerca de 23% dos alunos brasileiros dedica em média mais de quatro horas por semana para melhorar o seu nível de inglês, e um terço estuda o idioma por um período de um a três anos (36%). Porém, 21% dos alunos afirma ter iniciado somente a aprendizagem da língua há menos de um ano. A falta de tempo é o principal obstáculo mencionado pelos inquiridos (65%).

O Brasil se encontra também no Top 5 dos alunos da ABA English que são jovens estudantes (31%), ao lado do México (32%), da França (34%), da Colômbia (37%) e do Perú (40%); bem como dos alunos com menos de 24 anos (25%), um valor equiparado apenas ao México (25%) e superado pelo Perú (30%) e Colômbia (31%). Este é um indicador de que os jovens brasileiros investem, cada vez mais cedo, na aprendizagem do inglês. Ainda assim, no Brasil 14% dos alunos da ABA English têm mais de 55 anos, cerca de 225.000 pessoas.

A capacidade de falar várias línguas é vista como uma mais valia no mercado de trabalho, no qual muitos candidatos necessitam dominar o inglês para serem recrutados, através de uma entrevista de emprego, ou para ascender dentro da empresa. A atual conjuntura econômica e a globalização promovem a competitividade e os padrões de exigência, fomentando os negócios entre os países. Assim, cada vez mais, as empresas solicitam um bom nível de inglês junto dos colaboradores, sendo este o idioma mais requisitado a nível empresarial.

Os brasileiros estão, por isso, cada vez mais conscientes da importância de dominar o inglês para atingir suas metas profissionais. Graças a academias como a ABA English, que oferece um método de aprendizagem intuitivo, baseado no visionamento de curtas-metragens exclusivos, realizados em Nova Iorque e Londres, é mais fácil conseguir um bom nível de inglês, frequentando as suas aulas online, quando e onde quiser.

ABA English promove inquéritos junto aos seus alunos nos principais países, incluindo o Brasil. Os dados apresentados são da mais recente pesquisa realizada em abril de 2016, entre 3.200 alunos, dos quais 715 eram brasileiros.

Sobre a ABA English

A ABA English oferece sua própria metodologia exclusiva baseada no ensino contextual, levando ao mundo digital os princípios de aprendizagem naturais e intuitivos de uma língua materna, e usando filmes especialmente desenvolvidos para aprender inglês, que melhoram a experiência do usuário em qualquer plataforma.

Desde o seu lançamento em 2013, ABA English se carateriza por ser uma start up diferente e seu método de ensino foi reconhecido a nível internacional. Recebeu também o prêmio de “Melhor App Educacional de 2015”, atribuído pela Reimagine Education (galardões conhecidos como os “Óscares da educação’), e foi eleito pela Apple como o melhor novo aplicativo em dezenas de países.

Entre outros acordos com instituições educativas de primeiro nível, a ABA English se associou recentemente com a Cambridge English Language Assessment e se tornou na primeira academia digital autorizada para atribuir certificados oficiais da Cambridge English.

Com sede em Barcelona, esta academia online se destaca pelo seu caráter multinacional e multidisciplinar. Cerca de 90% dos alunos se encontram fora de Espanha e mais de 1,6 milhões estão no Brasil, o país onde a ABA tem mais alunos. A equipe é composta por 60 pessoas de 20 nacionalidades diferentes – Argentina, Brasil, China, Colômbia, EUA, Espanha, França, Itália, México, Reino Unido, Rússia, entre outras – e com experiência em áreas distintas: filologia inglesa, linguística, professores de inglês, e-learning, m-learning, tecnologias de informação, redes sociais, e-commerce e gestão.

Para mais informação visite www.abaenglish.com ou para dispositivos móveis: App Store ou Google Play.

> Baixar Comunicado

> Baixar Infografia